quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Uma reunião marcada para às 11h da próxima quarta-feira pode mudar o ranking de campeões brasileiros.

PAPO DE BOLA
Clubes vão à CBF tentar unificação de títulos brasileiros

Isso porque a Confederação Brasileira (CBF) receberá dirigentes de Cruzeiro, Botafogo e Santos para definir se os clubes que conquistaram a Taça Brasil e o Roberto Gomes Pedrosa serão considerados campeões brasileiros.
"A reunião está confirmada. Há tempos vínhamos tentando conversar com o presidente (da CBF) Ricardo Teixeira sobre isso", disse Guilherme Mendes, diretor de comunicação do Cruzeiro.
Entre 1959 e 1970, antes do primeiro Campeonato Brasileiro, em 1971, a Taça Brasil (dez edições) e o Roberto Gomes Pedrosa (quatro) foram os torneios que reuniram os principais clubes do País.
Os campeões da época foram Bahia (um título), Palmeiras (quatro), Santos (seis), Cruzeiro (um), Botafogo (um) e Fluminense (um). Um dossiê com documentos do período será usado na tentativa da unificação.
Se os títulos forem unificados, Santos e Palmeiras serão os mais beneficiados. O clube alvinegro, hoje bicampeão brasileiro, passará a ser octacampeão nacional. Caso parecido com o de seu rival alviverde, hoje tetracampeão brazuca e que também se tornaria octa.
Situação curiosa vive mesmo o Bahia, que pode "ganhar" um Brasileiro mesmo estando na Série B e perto de retornar à elite em 2011. "São coisas do futebol", desconversou Elizeu Godoy, superintendente de futebol do clube.
Gazeta Esportiva