Postagens mais visitadas

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

BAIANO-2008


Diretoria do Itabuna se reúne e decide manter Gelson Fogazzi
31/01/2008 - 22h21
Da Redação - Manoel Messias
Rádio Difusora de Itabuna



Após a derrota de 2 a 1 para o Feirense, dentro do Estádio Luiz Viana Filho, foi colocada em questão a permanência de alguns jogadores e de Gelson Fogazzi no comando técnico do Itabuna Esporte Clube. E para resolver esta situação, o presidente do clube, Ricardo Xavier, esteve reunido nesta quinta-feira, 31, com toda sua diretoria.

Após o encontro, ficou decidido que o treinador permanece e que nenhum atleta será dispensado. Mas, o presidente deu um sinal de alerta. "Estou muito chateado com as duas derrotas consecutivas, para o Atlético e principalmente a do Feirense, de virada, dentro do Itabunão. Mas, vamos dar um voto de confiança e consideração a este grupo, que começou tão bem no campeonato e de uma hora pra outra vem deixando a desejar", declarou o dirigente, que completou. "Confiamos no elenco itabunense e em sua força de vontade. Mas com uma resalva: não podemos mais pensar em resultados que não sejam positivos, porque se não, teremos que tomar outras medidas".

Elenco – o Itabuna volta a campo neste sábado, quando enfrentará o Poções, no Estádio Heraldo Curvelo, às 15h. Para esta partida, o técnico Gelson Fogazzi tem um desfalque certo. O meia Diego Aragão foi premiado com o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir a automática. O treinador ainda não decidiu quem lançará na posição. Se optar por um homem de armação – mesmo estilo de Diego –, Márcio seria o escolhido. Se for mais ousado, lançará um jogador mais ofensivo e, neste caso, teria a disposição Wagner, jogando na frente, recuando Téo para o meio-campo.

É possivel que Gelson Fogazzi pense em outras alternativas para reabilitar o Itabuna no Campeonato Baiano. Uma delas seria a entrada de Neto Berola, que entrou no segundo tempo da partida contra o Feirense e foi o principal jogador do setor ofensivo da equipe Azulina, levando a torcida à 'loucura' nas arquibancadas do Itabunão com suas jogadas geniais.

BAIANO-2008


Vitória antecipa decisão do Bahia e contrata Carlos Alberto
01/02/2008 - 18h48
Da Redação


O lateral-direito Carlos Alberto e o zagueiro de área Rafael Santos são as novas contratações do Vitória para a temporada de 2008. Os dois jogadores irão se apresentar quinta-feira, dia 7 de fevereiro, no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura.

Destaque do rival Bahia nas primeiras rodadas do Campeonato Baiano, o lateral Carlos Alberto teve seu contrato encerrado dia 31 de janeiro e foi emprestado pelo Atlético do Paraná até dia 10 de dezembro. Como o Bahia não se manifestou pela renovação do contrato, alegando que o time paranaense havia feito várias exigências, o Vitória se antecipou à decisão final do Tricolor.

Rafael Santos também é jogador vinculado ao Atlético do Paraná e seu empréstimo também será encerrado dia 10 de dezembro.

Ao mesmo tempo que acertou as duas contratações, a direção do rubro-negro rescindiu o contrato do zagueiro Du Lopes, contratado no final do ano passado. Du Lopes apresentou problemas pessoais e preferiu não continuar.

GAUCHÃO - 2008


Inter 0 x 1 Juventude »
Ju estraga o carnaval dos colorados


E eis que aparece de novo o Juventude para atrapalhar a vida do Inter. O time de Caxias do Sul deu um jeito de estragar o carnaval dos colorados e venceu o clássico Juvenal por 1 a 0 na noite desta sexta-feira, no Beira-Rio, pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho. Mendes, ainda no primeiro tempo, fez o gol da vitória alviverde.

Foi a primeira derrota do Inter no Campeonato Gaúcho e na temporada 2008. Com o fracasso em casa, a equipe de Porto Alegre perdeu a chance de assumir a liderança do Grupo 2 e ainda viu o Juventude igualar a marca de sete pontos. Foi a segunda vitória consecutiva dos caxienses, que voltam a campo na sexta-feira para visitar o Guarany em Bagé. O Colorado joga no domingo, em Pelotas, contra o Brasil.

CARIOCA - TAÇA GUANABARA


Máquina Tricolor emperra diante do Boavista
Fluminense decepciona e empata em 1 a 1 com o Boavista no Maracanã

Já em clima de carnaval, o Fluminense enfrentou a equipe do Boavista nesta sexta-feira, no Maracanã, e tropeçou diante do samba tocado pelo time de Bacaxá. Muito apático, o Tricolor chegou a sair na frente, com Washington, mas voltou a cometer falhas na defesa, permitindo o empate do adversário. Conclusão, 1 a 1 e muitas reclamações da torcida, que começa a perder a paciência com o time.

Diferentemente de todos os cariocas, que já saíam de suas casas para curtir os blocos carnavalescos nas ruas da cidade, os jogadores do Fluminense não entraram muito animados em campo. Sem força ofensiva, o time tentava criar pelas laterais, mas a zaga adversária cortava facilmente os cruzamentos de Gabriel, pela direita, e de Junior Cesar, pela esquerda.

E o pior. Na defesa, o Tricolor dava espaço e uma avenida para os três atacantes do time de Bacaxá: Rodrigo, Diogo e Anselmo, que preferiram os chutes de longe. E se o assunto era trio ofensivo, os "Três Tenores" do Fluminense, desafinados, erravam demais e discutiam muito para corrigir as falhas. Mal posicionado, Washington, que costuma ser a referência e o pivô para seus companheiros, dessa vez caía pelas pontas carregando a bola com velocidade.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

FIASCO DE DRAGÃO

QUEM SEGURA O FEIRENSE
TÍTULO DA MATÉRIA - JUCAPAPODEBOLA
MATÉRIA - PORTAL DO FUTEBOL BAIANO


Sem tomar conhecimento da invencibilidade do Itabuna no Estádio Luiz Viana Filho, o Feirense venceu o Dragão do Sul dentro de seus domínios por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Baiano.

Com o resultado, o Feirense consolida sua recuperação na competição, chega aos 11 pontos e ocupa a quinta colocação na tabela. Já o Itabuna, que amarga sua segunda derrota consecutiva no Baianão, cai para a sexta colocação, com nove pontos.

O Itabuna abriu o marcador aos 18 minutos, através do zagueiro Edson. Mas, o time de Feira de Santana empatou ainda na primeira etapa, com o meia André, e virou o marcador na segunda etapa, em boa jogada do artilheiro Ricardinho.

No próximo sábado, o Itabuna vai até a cidade de Poções, onde encara o time da casa, lanterna do campeonato. Já o Feirense descansa na festa carnavalesca e só volta a campo na próxima quinta-feira, quando recebe o Ipitanga no Estádio Jóia da Princesa.

Itabuna 1x2 Feirense
Campeonato Baiano - 1ª fase - 7ª rodada
Data: 30/01/2008 (quarta-feira), às 20h30
Local: Estádio Luiz Viana Filho, em Itabuna
Arbitragem: Antônio Marcelino Belmonte Vieira, auxiliado por Antônio Souza Santos Filho e Elenilton Almeida Santos
Público total: 6.217 espectadores, para uma renda de R$ 34.020,00

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

CARIOCA - 2008


Botafogo 6 x 2 Mesquita »
Alvinegro gira seu carrossel no Engenhão
Foram suficientes 20 minutos para que o Botafogo garantisse mais uma goleada no Campeonato Carioca. Num primeiro tempo arrasador, o Alvinegro fez 6 a 2 no Mesquita, nesta quarta-feira, no Engenhão, mantendo os 100% de aproveitamento em quatro partidas da Taça Guanabara.

O início de jogo do Botafogo não foi de extrema velocidade, como nas partidas anteriores. A equipe exagerava nos toques, com pouca objetividade. Além disso, o Mesquita se fechava muito, dificultando as ações de ataque do Alvinegro.

A torcida já começava a ficar impaciente quando o Botafogo finalmente abriu o placar, aos 16 minutos, num lance que uniu a inteligência à sorte. Lucio Flavio cobrou um escanteio com rapidez, pegando a defesa do Mesquita sem ação. Wellington Paulista cabeceou sozinho, a bola tocou no travessão, nas costas do goleiro Borges e entrou.

CARIOCA - TAÇA GUANABARA


Fla joga pouco, mas bate o Macaé
Gol de Toró, no início do primeiro tempo, garante a manutenção da liderança do Grupo A
Toró se destaca pela raça, Jônatas, pela técnica. Nesta quarta-feira, o Flamengo precisou de discreta dose de cada uma das características dos dois para derrotar o Macaé por 1 a 0, no Maracanã, e manter-se folgado na liderança do Grupo A da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.

Com 12 pontos em quatro jogos, o Fla tem dois a mais do que o Fluminense e seis à frente do Boavista, terceiro colocado. Mas, ao contrário dos últimos dois jogos, o Rubro-Negro não conseguiu golear, tampouco empolgar. Toró fez um gol logo no início e depois apenas os lançamentos de Jônatas chamaram atenção. A prevista estréia de Kléberson ocorreu aos 35 minutos do segundo tempo. Ele entrou na vaga de Jônatas.

O Macaé perdeu a invencibilidade e fica na quinta posição da chave, com cinco pontos.

ASSIM SOBREVIVE O AMADOR DE ITABUNA

NA PENÚRIA...

PAPO DE BOLA, SUA FOLHA SEMANAL DE ESPORTES ON-LINE

CARIOCA - TAÇA GUANABARA

O Fluminense mostrou que a bronca do técnico Renato Gaúcho e a insatisfação da torcida após o empate em 2 a 2 com o Macaé fizeram efeito. E como. O time se empenhou demais e conseguiu uma bela goleada sobre o Volta Redonda por 5 a 1, na chuvosa noite desta terça-feira, no Maracanã. Com o resultado, o Tricolor assume temporariamente a liderança do Grupo A do Campeonato Carioca, com 10 pontos. O Voltaço fica com quatro, na quinta colocação.

Na próxima rodada, o Flu enfrenta o Boavista, no dia 1º, sexta-feira, de novo no Maracanã. O Volta Redonda recebe o Cardoso Moreira, dia 3, domingo, na Cidade de Aço.

Fluminense 5 x 1 Volta Redonda »
Ataque engrena, e Tricolor goleia

SEM APOIO:


Fla estuda 'limpar' uniforme
Sem renovação com estatal, clube pensa em jogar sem patrocínio até achar anunciante
Janeiro praticamente chega ao fim e o Flamengo não tem contrato firmado com patrocinador algum para a temporada de 2008. Então, por que a equipe continua a utilizar as marcas da estatal em seu uniforme?

Porque a diretoria ainda acredita em um acordo. Entretanto, as rodadas de negociações evoluíram pouco nos últimos dias e a cada dia cresce a chance de o clube "limpar" seu uniforme em um futuro não muito distante.

- Há a chance de jogarmos sem patrocínio, sim. Esta é uma das possibilidades que está sobre a nossa mesa. Ficaríamos sem estampar nenhuma marca no uniforme até acharmos outro patrocínio - diz o vice-presidente de marketing do clube, Ricardo Heinrichsen.

No contrato que terminou no fim de 2007, o Fla ganhava pouco mais de R$ 14 milhões por ano. A primeira proposta de renovação chegou a R$ 15,7 milhões. Porém, impulsionada pelo patrocínio de outros clubes - como Corinthians e Palmeiras - e pelo bom momento do time profissional a diretoria rubro-negra decidiu pedir mais. Agora, a meta é conseguir algo próximo de R$ 21 milhões.
globoesporte.com

Veja meu Slide Show!

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

TÚNEL DO TEMPO, SUCESSO AOS SÁBADO 13:15 NA DIFUSORA

ZÉ NUNES AOS 83 ANOS DEU UM SHOW DE MEMÓRIA E RESGATOU GRANDE PARTE DAS DÉCADAS DE QUARENTA E CINQUENTA.


PAPO DE BOLA, SUA FOLHA SEMANAL DE ESPORTES ON-LINE

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

BAIANO-2008


Atlético vence o ex-invicto Itabuna e chega ao G4
Da Redação do Portal Futebol baiano- Elton Serra

Em mais um jogo em que o resultado foi decidido nos detalhes, o Atlético quebrou a invencibilidade do Itabuna no Campeonato Baiano, ao vencer a partida por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Estádio Antônio Carneiro, pela sexta rodada da competição.

Com o triunfo, o Carcará de Alagoinhas chega aos 11 pontos e assume a quarta colocação na tabela. Já o Itabuna, além de perder sua primeira partida na competição, agora é o sexto colocado, com nove pontos ganhos.

Mesmo jogando como visitante, o Itabuna não tomou conhecimento do Atlético e quase abre o marcador no ínicio do jogo, mas Téo deseperdiçou chutando a bola na trave.

O Atlético respondeu à altura, e marcou o gol solitário da partida. Em cobrança de falta, Rogério cruzou na área e Tião desviou de cabeça para abrir o marcador no Estádio Antônio Carneiro.

Após o gol, o Atlético suportou a pressão do Itabuna, que não conseguiu furar o bloqueio defensivo do time de Alagoinhas. Na segunda etapa, com poucas oportunidades de gol, o placar permaneceu 1 a 0 para os donos da casa.

Na quarta-feira, as duas equipes voltam à campo pela sétima rodada do Baianão. Enquanto o Atlético recebe o Vitória da Conquista, no Carneirão, o Itabuna encara o Feirense no Estádio Luiz Viana Filho, em Itabuna.

Atlético 1x0 Itabuna
Campeonato Baiano - 1ª fase - 6ª rodada
Data: 27/01/2008 (domingo), às 15h
Local: Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas
Arbitragem: Aristeu das Mercês Ramos, auxiliado por Mick Santos de Jesus e Cléber de Aguiar Amorim
Público total: 6.912, para uma renda R$ 34.810,00

Atlético: Fábio Lima, Rogério (Eduardo), Edy, Diogo e Robinho; Tião, Vaguinho, Almir e Daniel (Elzon); Nem e Preto (Ygor). Técnico: Antônio Dumas

Itabuna: Vandré, Alfredo, Emilio, Edson e Wescley; Márcio, Diego Aragão (Léo Ceará), Wagner e Nino (Léo); Téo (Neto) e Juca. Técnico: Gelson Fogazzi

FOGÃO

Com uma apresentação que deixou os torcedores eufóricos no Engenhão, o Botafogo venceu facilmente o Americano por 3 a 0 na tarde deste domingo. O resultado mantém o Glorioso na ponta do Grupo B do Campeonato Carioca, com nove pontos, 100% de aproveitamento. O time de Campos segue sem pontuar no Campeonato Carioca. Os gols do Bota foram marcados por Túlio, Jorge Henrique e Zé Carlos.

Na próxima rodada, quarta-feira, às 19h30m, o Bota terá pela frente o Mesquita, no Engenhão. O Americano, por sua vez, às 16h, enfrenta o Cabofriense no estádio Godofredo Cruz.

Botafogo 3 x 0 Americano »
Fogão é show! Com jogadas de efeito, time passeia no Engenhão
globoesporte.com

FESTA RUBRO NERGRA


Flamengo 5 x 1 Caxias »
Ibson dá show. Souza e Bruno têm saia justa

Com direito a show de Ibson e Leo Moura, o Flamengo não teve problemas para vencer o Duque de Caxias por 5 a 1, neste domingo, no Maracanã. O resultado deixa o time na liderança do Grupo A do Carioca com nove pontos e 100% de aproveitamento. O Duque de Caxias segue com três pontos. Os gols do Rubro-negro foram marcados por Marcinho, Ibson (2), Leo Moura e Souza. Eduardo descontou.

A partida foi marcada por um momento curioso. Juan sofreu pênalti e a torcida gritou o nome do goleiro Bruno. O camisa 1 correu para bater, mas o atacante Souza pegou a bola e disse que seria ele o cobrador. Ibson, o batedor oficial, ainda tentou conversar. Mas Bruno voltou decepcionado para o gol e Souza fez o gol.
globoesporte.com

domingo, 27 de janeiro de 2008

CHUVEU BACALHAU


Vasco 3 x 0 Mesquita »
Vitória histórica em São Januário

Era a atuação que o Vasco precisava para acabar com a desconfiança dos torcedores. O time não apenas venceu o Mesquita neste sábado, por 3 a 0, pela terceira rodada do Campeonato Carioca. A equipe jogou bem e foi aplaudida pela torcida. Leandro Bomfim fez dois gols e o goleiro Tiago, de pênalti, também marcou.

Romário assistiu à partida das sociais de São Januário. O Baixinho cumpre suspensão de 120 dias imposta pelo STJD por doping, e o auxiliar Alfredo Sampaio comandou a equipe do banco de reservas. Edmundo também esteve na Colina. O Animal, que deve estrear daqui a 20 dias, teve o nome gritado pela torcida.

Com a vitória, o Vasco somou seis pontos e passou para o terceiro lugar no Grupo B. O Botafogo é o líder, com o Cabofriense em segundo. Os dois têm um jogo a menos. Na próxima quarta-feira, o time cruzmaltino enfrenta o Resende, em São Januário, às 21h45m, pela quarta rodada. Já o Mesquita segue com três pontos na sexta posição e encara agora o Botafogo, no Engenhão, também na quarta-feira.

MAQUINA EMPERRADA


Sem inspiração, Flu fica só no empate
Trio não consegue o mesmo brilho do jogo de estréia e perde pontos diante do Macaé

A segunda apresentação do trio ofensivo do Fluminense não foi o que a galera tricolor ou o técnico Renato Gaúcho esperavam. O time das Laranjeiras apenas empatou por 2 a 2 diante do Macaé, no Maracanã, e perdeu seus primeiros pontos no Campeonato Carioca (assista aos gols do jogo). Com isso, o Tricolor assumiu a liderança do Grupo A, um ponto a frente do Flamengo, que ainda vai jogar neste domingo, às 18h10m, contra o Duque de Caxias.

Thiago Neves foi o melhor em campo, assinalando um belíssimo gol por cobertura, e dando o cruzamento para o gol de empate de Cícero, mas não foi o suficiente para assegurar os três pontos. O goleiro Diego e o lateral-esquerdo Gustavo Nery foram os mais perseguidos pelas vaias da torcida.