sábado, 20 de outubro de 2012

VIOLÊNCIA PERSISTE EM ITABUNA


O jovem Manoel Carlos Amaral, conhecido no meio futebolístico como Amaral, árbitro de futebol foi morto com seis tiros de pistola 380 na porta de sua casa, localizada na rua Bom Jesus da Lapa, no bairro Sarinha Alcântara. O homicídio aconteceu na tarde desta sexta feira (19). Dois homens, numa moto, discutiram com a vítima, antes de atirar. Além de apitar futebol, Amaral também comercializava produtos importados. Vizinhos, atônitos, não sabiam explicar como aconteceu e a motivação do crime. 

Filiado a AAFI
Associação dos Árbitros de Futebol de Itabuna desde 2004, Amaral vinha sendo escalado pela FBF para jogos do Intermunicipal, nas rodadas mais recentes.