segunda-feira, 12 de março de 2012

POLÊMICAS



Na carta, Teixeira justifica a saída por motivos de saúde. Fala ainda da dificuldade de dirigir a CBF.
- Presidir paixões não é uma tarefa fácil. Futebol em nossos país é associado a duas imagens: talento e desorganização. Quando ganhamos, exaltam o talento. Quando perdemos, a desorganização.
Marín também informou que Teixeira deixará o cargo de presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014. O próprio Marín ficará na função. Na última sexta-feira, Teixeira havia se licenciado do cargo e foi para Miami, nos Estados Unidos, onde tem casa.
- Não se trata de uma nova gestão. Trata-se de um mandato contínuo. Hoje os diretores colocaram seus cargos à disposição, dando a mim liberdade de escolha. É um novo presidente, mas não é uma nova gestão. Eu preciso desses diretores para continuar essa administração moderna e exemplar que é a CBF - afirmou Marín.


Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/minuto/Ricardo-Teixeira-renuncia-CBF_0_662333801.html#ixzz1ow6eI047
© 1997-2012 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!