Postagens mais visitadas

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

BAIANO-2008


Diretoria do Itabuna se reúne e decide manter Gelson Fogazzi
31/01/2008 - 22h21
Da Redação - Manoel Messias
Rádio Difusora de Itabuna



Após a derrota de 2 a 1 para o Feirense, dentro do Estádio Luiz Viana Filho, foi colocada em questão a permanência de alguns jogadores e de Gelson Fogazzi no comando técnico do Itabuna Esporte Clube. E para resolver esta situação, o presidente do clube, Ricardo Xavier, esteve reunido nesta quinta-feira, 31, com toda sua diretoria.

Após o encontro, ficou decidido que o treinador permanece e que nenhum atleta será dispensado. Mas, o presidente deu um sinal de alerta. "Estou muito chateado com as duas derrotas consecutivas, para o Atlético e principalmente a do Feirense, de virada, dentro do Itabunão. Mas, vamos dar um voto de confiança e consideração a este grupo, que começou tão bem no campeonato e de uma hora pra outra vem deixando a desejar", declarou o dirigente, que completou. "Confiamos no elenco itabunense e em sua força de vontade. Mas com uma resalva: não podemos mais pensar em resultados que não sejam positivos, porque se não, teremos que tomar outras medidas".

Elenco – o Itabuna volta a campo neste sábado, quando enfrentará o Poções, no Estádio Heraldo Curvelo, às 15h. Para esta partida, o técnico Gelson Fogazzi tem um desfalque certo. O meia Diego Aragão foi premiado com o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir a automática. O treinador ainda não decidiu quem lançará na posição. Se optar por um homem de armação – mesmo estilo de Diego –, Márcio seria o escolhido. Se for mais ousado, lançará um jogador mais ofensivo e, neste caso, teria a disposição Wagner, jogando na frente, recuando Téo para o meio-campo.

É possivel que Gelson Fogazzi pense em outras alternativas para reabilitar o Itabuna no Campeonato Baiano. Uma delas seria a entrada de Neto Berola, que entrou no segundo tempo da partida contra o Feirense e foi o principal jogador do setor ofensivo da equipe Azulina, levando a torcida à 'loucura' nas arquibancadas do Itabunão com suas jogadas geniais.