quinta-feira, 15 de maio de 2008

LDU arranca empate com San Lorenzo, em Buenos Aires

PAPO DE BOLA, SUA FOLHA SEMANAL DE ESPORTES ON-LINE
Equatorianos sofrem para marcar Dalessandro no Estádio do Gasómetro

O San Lorenzo bem que tentou. Principalmente, nos 15 minutos finais da partida. Mas a LDU conseguiu o que mais queria: o empate em 1 a 1, na Argentina. No jogo de volta das quartas-de-final da Taça Libertadores, no Equador, basta um empate por 0 a 0 ou vitória simples para a equipe de Bieler, Suarez e Cia. avançar às semifinais da competição.
Algoz de Arsenal e Estudiantes, a LDU começa a partida disposta a eliminiar o terceiro time argentino nesta Taça Libertadores. Com uma forte marcação no meio de campo, os equatorianos tentam ganhar no quesito posse de bola. Mas a primeira boa chance do jogo é da equipe anfitriã. Aos 12 minutos, Dalessandro bate escanteio na pequena área e, após bate-rebate, Bergessio carimba a trave esquerda do goleiro Cevallos. No direito de resposta, dois minutos depois, Bieler arranca em velocidade, deixa o zagueiro Aguirre para trás e, cara a cara com Órion, chuta à esquerda do gol. Empurrado pela torcida, o San Lorezo tenta se impor. Aos 22 minutos, Cevallos é obrigado a se esticar todo e defender chute de Dalessandro no cantinho esquerdo. No entanto, é a LDU quem mexe no placar primeiro no Estádio do Gasómetro, em Buenos Aires. Aos 35 minutos, o goleiro Orion arrisca umas embaixadinhas após receber bola recuada e acaba entregando o ouro para o atacante Bieler, que o desarma e toca para o fundo da rede. Três minutos depois, Gonzalez deixa tudo igual no marcador. O lateral-direito cobra falta no cantinho esquerdo de Cevallos, que nem pula na redonda.