quarta-feira, 14 de maio de 2008

Vasco vence, administra vantagem, e se classifica para a semi com facilidade

PAPO DE BOLA, SUA FOLHA SEMANAL DE ESPORTES ON-LINE
Empurrado pelos seus torcedores, em maioria no estádio Nelson Feijó, em Maceió, o Vasco não teve problemas para vencer o Corinthians-AL por 3 a 1 e carimbar a vaga para a disputa da semifinal da Copa do Brasil. Agora, os cariocas vão enfrentar o vencedor do confronto Sport x Internacional, que se enfrentam ainda nesta quarta-feira. Os gols do Gigante da Colina foram marcados por Leandro Amaral, Alex Teixeira e Rodrigo Antônio. Nil descontou. Na partida de ida, em São Januário, os cruzmaltinos haviam vencido por 5 a 1. Pendurados com dois cartões amarelos, Wagner Diniz e Morais não entraram como titulares. Curiosamente, os dois são alagoanos e foram os mais festejados pela torcida local.
Mesmo sem jogar bem, Vasco chega aos gols facilmente
Tranqüilo em campo depois da vantagem conseguida do Rio de Janeiro, o Vasco entrou em campo com o freio de mão puxado, esperando o adversário atacar. O número excessivo de erros de passe dos cruzmaltinos acabou ajudando os alagoanos a criarem boas chances de marcar. Aos 12 minutos, Serginho Baiano recebeu dentro da área, nas costas dos zagueiros, e chutou. A bola pegou em Jorge Luiz e saiu com muito perigo. O primeiro bom chute em gol dos vascaínos aconteceu aos 19 minutos, com Leandro Amaral. O atacante girou na entrada da área e bateu rasteiro, mas o goleiro Veloso defendeu firme. Um minuto depois, a resposta corintiana. Após nova bobeada da zaga, Reinaldo Alagoano ficou de frente para Tiago, que saiu nos pés do atacante e fez uma grande intervenção. Aos 22, em uma jogada rápida, o Vasco jogou um balde de água fria no ânimo alagoano. Edmundo fez um grande lançamento para Leandro Amaral, que, na velocidade, driblou o goleiro e, antes que o zagueiro chegasse, empurrou para o gol vazio: 1 a 0. A consolidação definitiva da classificação veio aos 28 minutos. Alex Teixeira, que não vinha fazendo uma boa partida, mostrou por que é uma das esperanças da Colina. Após receber um lançamento na direita e de um ótimo domínio, pedalou, passou por dois zagueiros e, de dentro da área, tocou rasteiro no canto esquerdo do goleiro. Golaço e 2 a 0 no placar. Antes do fim do primeiro tempo, aos 39, o Corinthians ainda criou outra boa chance em um chute de longe do lateral-direito Maizena, mas Tiago, mais uma vez, estava lá para impedir o gol. O time do técnico Antônio Lopes entrou em campo com algumas novidades táticas, Pablo e Alex Teixeira se revezaram, ora um como ala, ora outro como meia.
GLOBOESPORTE.COM