domingo, 27 de abril de 2008

Itabuna vence Vitória da Conquista e renasce no Baianão




PAPO DE BOLA, SUA FOLHA SEMANAL DE ESPORTES ON-LINE


Jogando um futebol muito mais eficiente e sem o peso da responsabilidade de vencer, o Itabuna supreendeu o Vitória da Conquista e venceu o Alviverde por 3 a 2, na tarde deste sábado, no Estádio Luiz Viana Filho, e complicou a situação do time do Sudoeste na briga pelo título do Campeonato Baiano. De quebra, renovou as esperanças de lutar por uma vaga na Copa do Brasil e manteve chances remotas de levantar o caneco.
Jogando diante de sua torcida, o Itabuna queria provar que não havia "desistido" do campeonato, apesar de não ter somado nenhum ponto nas três primeiras partidas. E foi o combustível que vinha das arquibancadas que levou o Dragão do Sul a fazer um bom primeiro tempo diante do Vitória da Conquista. O atacante Neto Berola, que ganhou posição de titular um dia antes da partida, teve duas boas oportunidades de abrir o marcador ainda nos 15 primeiros minutos, mas a defesa do Alviverde garantiu o resultado.No entanto, o futebol apático do Vitória da Conquista na primeira etapa resultou numa pressão do ataque do time da casa. Pressão esta que surtiu efeito aos 20 minutos, quando o zagueiro Sílvio se descuidou na marcação e acabou colocando a mão na bola. Penalidade marcada por Rodrigo Martins Cintra e bem cobrada por Lei, aos 23 minutos, abrindo o marcador para o Itabuna no Luiz Viana Filho.O gol do Itabuna fez o Vitória da Conquista acordar na partida. O Alviverde passou a jogar com mais objetividade e tomou conta do jogo nos 15 minutos finais do primeiro tempo. Mas, só no terceiro minuto dos acréscimos, quando Éder Caetité recebeu passe de Carlinhos e chutou de fora da área, marcando um golaço no Itabunão, o time pôde respirar.O que parecia ser o ponto de partida para uma reação do time do Sudoeste na segunda etapa, parece ter sido um tiro de misericórdia nas pretensões do time treinado por Elias Borges. O Itabuna, na base da raça, voltou novamente a dominar a partida e chegou ao segundo gol, através de Juca. Aos 13, o atacante pegou sobra de bola na entrada da área e bateu forte para vencer o goleiro do Vitória da Conquista, para delírio dos torcedores presentes ao Luiz Viana Filho.Desesperado e nervoso, o Vitória da Conquista se atirou ao ataque e levou o terceiro. Aos 38', Juca invadiu a área e, na saída do goleiro Rodrigues, tocou com categoria, de cobertura, para ampliar o marcador para o Itabuna. O Alviverde ainda conseguiu diminuir o marcador dois minutos depois, através do atacante Chulapa, que cabeceou bola cruzada por Buiú, mas não conseguiu chegar ao empate.O resultado deixa o Vitória da Conquista com os mesmos cinco pontos, na vice-liderança. O Itabuna chegou aos três pontos, mas permanece na quarta colocação. Na próxima quinta-feira, o Alviverde recebe o Vitória, enquanto o Itabuna joga mais uma em casa, contra o Bahia; Itabuna 3x2 Vitória da Conquista Campeonato Baiano- 2ª fase - 3º rodada Data: 26/04/2008 (sábado), às 19h Local: estádio Luiz Viana Filho, em Itabuna(Ba)

Arbitragem: Rodrigo Martins Cintra, auxiliado por Luis Carlos Silva e José Carlos Oliveira dos Santos

Itabuna: Vandré, Rondinelli, Edson e Emilio; Jânio, Sandro, Lei, Leandro Ceará (Paulo Henrique) e Wescley (Elisandro); Neto Berola (Diego Aragão) e Juca. Técnico: Ferreira.

Vitória da Conquista: Rodrigues, Rafael, Sílvio (Chulapa), Artur e Carlinhos (Buiú); Eder, Edmar, Kleber e Narcísio (Márcio Choquito); Eder Caetité e Tatu. Técnico: Elias Borges
Fonte: Portal do Futebol baiano