segunda-feira, 28 de abril de 2008

Vitória dá troco no Bahia e goleia Tricolor no Jóia da Princesa


PAPO DE BOLA, SUA FOLHA SEMANAL DE ESPORTES ON-LINE
Fonte: Portal do Futebol baiano.

Em mais um BaVi emocionante, o Vitória deu o troco no Bahia e renasceu no Campeonato Baiano. Na tarde deste domingo, no Estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana, o Rubro-negro bateu o Tricolor por 3 a 0 e pulou da terceira para a primeira colocação da competição, com sete pontos ganhos - o Vitória supera o rival no número de gols marcados.
Como previsto, a partida começou bastante eletrizante. Logo aos 30 segundos de jogo, os jogadores dois dois times se envolveram em uma discussão generalizada e o atacante Rodrigão, do Vitória, levou cartão amarelo. Com um minuto de jogo, o árbitro anulou gol de Rogério, por impedimento, e no minuto seguinte Rodrigão perdeu um gol cara a cara com o goleiro Darci.Os nervos da partida começaram a se equilibrar e o Bahia tomou a iniciativa ofensiva. Aos 13', Ávine fez grande jogada pelo lado esquerdo e cruzou na cabeça do atacante Cristiano. O goleiro França, de frente para o atacante Tricolor, fez defesa espetacular e mandou para escanteio.O Vitória, sem conseguir penetrar na defesa do Bahia, apostava nas bolas paradas. Ramon tentou o gol por três vezes em cobranças de falta, mas a bola teimava em sair pela linha de fundo. Rodrigão, marcado de perto pelo volante Marcone, não encontrava espaços para chutar à gol.E foi Marcone que tornou-se o 'divisor de águas' do clássico. Aos 30 minutos, o zagueiro Alison perdeu a bola no meio-campo e deixou o atacante Rodrigão de frente para o gol de Darci. Marcone, último homem da defesa, acabou cometendo falta e sendo expulso pelo árbitro Manoel Nunes Lopo Garrido.Com um jogador a mais em campo, o Vitória encontrou os espaços necessários para abrir o marcador no Jóia da Princesa. Aos 45 minutos, Marcos fez boa jogada no meio e tocou para Ramon, que bateu de perna esquerda para vencer o goleiro do Bahia, colocando o Rubro-negro em vantagem no placar.Na segunda etapa, o Bahia tentou recompor o meio-campo com a entrada do volante Emerson Cris, em lugar de Ananias. Sem poder de criação, o Tricolor acabou levando sufoco do Vitória, que mesmo assim insistiu nas jogadas de bola parada, sem sucesso.Bastou mais um vacilo da zaga Tricolor, que até então havia sofrido, no máximo, um gol por partida, para o Vitória ampliar o marcador. Aos 24 minutos, Alison falhou novamente e Marcos se aproveitou para tocar na saída do goleiro Darci.Sem poder de reação a praticamente entregue em campo, o Bahia cedeu espaços para o Vitória e levou o terceiro gol aos 40 minutos. Ricardinho dispara pela direita e chuta, quase sem ângulo, para fazer o terceiro do Vitória, colocando o Rubro-negro na liderança do quadrangular.As duas equipes ainda tiveram dois jogadores expulsos no final da partida. O volante Fausto, do Bahia, e o meia Ricardinho, do Vitória, se envolveram e confusão e levaram cartão vermelho.Na próxima quinta-feira, o quadrangular decisivo do Campeonato Baiano chega ao penúltimo capítulo. Em Itabuna, o Bahia encara o time da casa, enquanto o Vitória da Conquista recebe o Vitória, no Estádio Lomanto Junior. Próximo BaVi, somente em 2009.Bahia 0x3 VitóriaCampeonato Baiano - Fase final - 4ª rodadaData: 27/04/2008 (domingo), às 16hLocal: Estádio Jóia da Princesa, em Feira de SantanaArbitragem: Manoel Nunes Lopo Garrido, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Kleber Moradillo da Silva.

Bahia: Darci, Fábio, Alison, Rogério e Ávine; Marcone, Fausto, Rivaldo e Ananias (Emerson Cris); Didi (Pantico) e Cristiano (Everton). Técnico: Paulo Comelli. Vitória: França, Marco Aurélio, Leonardo Silva, Anderson Martins e Fernando; Renan, André Silva (Willians), Marco Antônio (Bida) e Ramon; Marcos (Ricardinho) e Rodrigão. Técnico: Vagner Mancini.