quarta-feira, 30 de abril de 2008

Raposa perde, mas faz gol valioso no Boca



PAPO DE BOLA, SUA FOLHA SEMANAL DE ESPORTES ON-LINE


No jogo de volta, na próxima quarta, no Mineirão, Cruzeiro se classifica se vencer por 1 a 0

GLOBOESPORTE.COM


O Cruzeiro não conseguiu vencer, mas arrancou um golzinho valioso na noite desta quarta-feira, na derrota por 2 a 1 para o Boca Juniors, no caldeirão do La Bombonera, pelo jogo de ida das oitavas-de-final da Taça Libertadores. Com este resultado, a Raposa pode eliminar os argentinos se vencerem por 1 a 0, na próxima quarta, no Mineirão. Para o Boca, basta um empate, por qualquer placar, ou até uma derrota por um gol de diferença, desde que marque dois ou mais em Belo Horizonte. Se a Raposa vencer por 2 a 1, a decisão da vaga será nos pênaltis.O ídolo maior do clube argentino, Diego Maradona, estava lá e vibrou muito com mais uma vitória em cima de um time brasileiro. No ano passado, no caldeirão argentino, o Boca derrotou o Grêmio por 3 a 0, na decisão da Libertadores, e o São Paulo por 2 a 1, pela Copa Sul-Americana. O vencedor deste confronto pega Atlas (México) ou Lanús (Argentina) nas quartas. O time mexicano venceu o primeiro jogo, fora de casa, por 1 a 0.Neste domingo, o Cruzeiro volta as atenções para o jogo de volta da decisão do Campeonato Mineiro, contra o Atlético-MG, quando poderá até perder por cinco gols de diferença. O Boca Juniors também tem um clássico importante neste domingo, quando enfrenta o River Plate, também em La Bombonera, pelo Torneio Clausura.